quinta-feira, 1 de junho de 2006

Abertura da Época Balnear

No concelho da Praia da Vitória a época balnear de 2006 começou hoje.

BANDEIRA AZUL
A Calheta, principal zona balnear da freguesia dos Biscoitos, mantém a Bandeira Azul, galardão que vem conquistando pelo menos desde 1996 e consecutivamente desde 2001.
Lembramos que a Calheta tem mantido elevados índices de qualidade das suas águas.

NOVAS REGRAS
Este ano a comunicação social tem alertado para a eminência da publicação de legislação que estipula novas regras. Com o intuito de garantir mais segurança, o documento legal anunciado apresenta várias indicações para os frequentadores de zonas balneares, prevendo a existência de coimas, que punem incumprimentos cometidos por concessionários, banhistas, praticantes de desportos náuticos e nadadores salvadores.

CARAVELAS
Outra situação apresentada pela comunicação social é a abundância do aparecimento nas nossas costas de colónias de organismos conhecidos por caravelas portuguesas cujos tentáculos poderão causar lesões graves em situação de contacto com a pele dos banhistas.

LIMPEZA
Segundo disse o vereador Paulo Codorniz ao Diário Insular, a Câmara Municipal da Praia da Vitória vai assinar protocolos com os diversos Agrupamentos de Escuteiros do Corpo Nacional de Escutas a fim de que estes se responsabilizem pela limpeza das zonas balneárias das respectivas freguesias, o que lhes permitirá angariarem fundos para os seus projectos.
A questão específica do estado de limpeza da Calheta dos Biscoitos motivou recentemente (antes da época balnear oficial) Luiz Fagundes Duarte a dedicar um dos seus Folhetins, normalmente publicados no Diário Insular, a este assunto. Escreveu o cronista que "... a zona da Calheta dos Biscoitos, onde as agências de viagens levam todos os turistas que vão arribando à Ilha, e onde aos domingos e feriados as pessoas se deslocam para desentorpecer as pernas, arejar os pulmões e refrescar os olhos – enfim, este lugar que é um dos cartões de visita da Ilha, e que eu vejo, dia após dia, semana após semana, mês após mês, cheio de sacos de lixo por recolher, de contentores de lixo por despejar, de papéis, de plásticos, de beatas, de fraldas, de pensos higiénicos e de garrafas de cerveja, tudo espalhado pelo chão e pelas rochas de biscoito... E já que não parece ser competência da Câmara Municipal ou da Junta de Freguesia ocupar-se da sua limpeza, nem obrigação dos Cidadãos não sujar, – a Calheta dos Biscoitos bem que está a precisar que Nossa Senhora lhe acuda, de preferência de vassoura e pá do lixo na mão. Pelo que teríamos, sem dúvida, mais uma invocação da Virgem: Nossa Senhora da Limpeza."

Fonte: Diário Insular (7, 23 e 30/Maio/2006), A União (26/Maio/2006).

Faz hoje um ano que publicamos:
Jogos Desportivos Escolares nos Biscoitos

8 comentários:

_monteiro_ 2/6/06 20:00  

keria apenas deixar o meu desacordo em relação ao folheto do senhor Luiz Fagundes Duarte,sei k provavelmente ele não vai ler, mas gostava k ficasse aki expressa a minha modesta opinião, se calhar, e depois de a reler um pouco agressiva de mais, mas agora na vale a pena voltar a escrever de novo.
Ontem, dia 1 de Junho o Agrupamento de Escuteiros dos Biscoitos começou a fazer a limpeza da referida zona balnear, e não foi encontrado esse exagero de lixo, comparado com alguns anos anteriores, das duas uma, ou de facto não haviam tantos residuos assim, ou essa Nossa Senhora de k fala o senhor Fagundes Duarte, passou lá antes de nós, mas se passou não limpou tudo (preciso do livro de reclamações), foram de facto encontrados alguns objectos menos dignos daquela zona, garrafas, copos, papeis de gelado, beatas (não muitas), uma fralda e nenhum pensos higiénicos, mas pelo k tenho visto não são tanto as pessoas de cá k deitam esses residuos para a calheta, mas sim os proprios dos turistas, sim, eles tb comem gelados, tb trocam fraldas, tb bebem as suas cervejinhas, tb mudam os seus pensos, as pessoas cá da terra de certo gostam de ver a calheta limpa, aliaz, se ela tiver suja são eles proprios os prejudicados, visto k são eles os utentes da mesma, enkuanto k kem vai lá uma vez na vida ou duas ou tres vezes no ano, akilo não lhes diz nada!é de facto lamentavel k não hajam mais caixotes do lixo durante a época baixa, mas k se há d fazer?por os caixotes num dia e no outro já tão keimados?por toda a ilha é isto, não se pode pedir k com o orçamento k o governo deve dar ás camaras e ás juntas se possa tar a pagar a uma pessoa para tar todo o ano a tomar conta dakilo e derrepente vem uma tempestade "dakelas" e lá se foi o trabalhinho todo de um ano!mas se o referido senhor, está tanto empenhado em ver a "nossa calheta" limpa e asseada, é facil cada vez k lá for apanhar o seu solinho e dar o seu mergulho, ou kd for apanhar o pão do bodo, dê um saltinho lá abaixo e junte um saquinho de lixo, há e já agora não se eskeça de não sujar, contamos consigo!!!

Anónimo,  2/6/06 21:25  

Na Calheta:

-Durante as marcas de uma quadrilha do club, um cavalheiro, atrapalhando-se, fica do lado oposto à posição que lhe competia. A dama, que não era seu par, observa-lhe:

-O cavalheiro não é daqui.
E ele todo amável:
- Não, minha senhora. Sou d'outra freguesia, mas estou aqui a banhos.

Miguel Batista 4/6/06 16:12  

O que eu acho é que na zona balnear dos biscoitos devia haver mais caixotes de lixo e menos pessoas a sujar. Nem sequer as próprias pessoas dos biscoitos sabem estimar aquilo que é seu. Fica aqui a minha opinião.
Continuação de um Bom Trabalho aqui no Blog

Anónimo,  8/6/06 14:25  

Really amazing! Useful information. All the best.
»

Anónimo,  22/7/06 14:28  

Great site loved it alot, will come back and visit again.
»

José Aurélio Almeida 11/8/06 20:40  

Caro Monteiro:
Era bom que todos os biscoitenses tivessem a tua vontade de defesa e estima da sua freguesia.
Defender o que é nosso é de louvar.
Já agora expressamos os desejos de bom trabalho para todos os escuteiros do Agrupamento dos Biscoitos.

José Aurélio Almeida 11/8/06 20:42  

Caro Anónimo:
Durante o Verão, nos Biscoitos, são muitos os que estão a banhos.
Oxalá ajudem a zelar pelos espaços que utilizam.

José Aurélio Almeida 11/8/06 20:46  

Caro Miguel Batista:
Menos pessoas a sujar é o essencial. Claro que alguns caixotes para o lixo ajudam.
Agradecemos os desejos manifestados.

Biscoitos, Praia da Vitória, Ilha Terceira, Açores, Portugal

  © Blogger templates The Professional Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP