quinta-feira, 28 de setembro de 2006

A Confraria do Vinho Verdelho e a CVR-Açores

Em Fevereiro passado vários órgãos de comunicação social noticiaram que o Grão-Mestre da Confraria do Vinho Verdelho dos Biscoitos, Jácome de Bruges, na altura recém-eleito, defendeu a extinção da CVRAçores - Comissão Vitivinícola Regional dos Açores, alegando que esta entidade “não defende a paisagem da cultura da vinha”.
Segundo o Diário Insular (DI) (14/Fevereiro/2006), "Jácome de Bruges disse à Agência Lusa que o presidente da CVR-Açores, Manuel Serpa, “deu uma infeliz entrevista a uma revista da especialidade, que ajuda a reforçar a ideia de que, para ele, apenas existe o vinho do Pico”. O novo grão-mestre alega que a intervenção deixa entender uma posição “de condenação da paisagem característica da cultura da vinha dos Biscoitos”."
Ainda de acordo com o DI, "Jácome de Bruges argumentou que a certificação dos vinhos deve ser assegurada pelas confrarias existentes nas três zonas vitivinícolas reconhecidas, Biscoitos, Pico e Graciosa. No país, acrescentou, está prevista a extinção das comissões vitivinícolas e a passagem da responsabilidade da certificação dos vinhos para os produtores privados. Segundo disse, “os custos da entidade certificadora seriam muito menores e evitar-se-iam conflitos entre as ilhas produtoras, garantindo-se a qualidade de certificação que actualmente pode ser posta em causa”. As dúvidas, refere Jácome de Bruges, levantam-se no campo da ética, uma vez que, “em alguns casos, são os próprios enólogos das adegas com vinhos candidatos à certificação que fazem parte da Câmara de Provadores”.
Os novos responsáveis da Confraria do Vinho Verdelho dos Biscoitos pretendem relançar o papel da instituição, através da organização de um encontro das confrarias báquicas e gastronómicas do arquipélago. Pretende igualmente fomentar um programa, envolvendo médicos, enólogos, estabelecimentos de ensino e agentes económicos, no sentido de “ensinar os jovens a beber moderadamente e a escolher um bom vinho que possa ser um aliado da alimentação”."

Três dias mais tarde o Diário Insular (17/Fevereiro/2006) noticiou que o Presidente da CVRAçores, Manuel Serpa, recusa a crítica da Confraria do Vinho Verdelho dos Biscoitos de privilegiar o Pico.
"Em comunicado, o presidente da CVR sustenta que não cabe àquela entidade propor a classificação de paisagens nem emitir pareceres sobre a salvaguarda e integridade do Património, esclarecendo que as suas considerações positivas sobre a vinha do Pico tecidas à imprensa respondiam a uma pergunta concreta de uma jornalista, o que não significa que não goste ou condene a dos Biscoitos. Quanto à promoção, afirma que em todas as acções estiveram todos os vinhos certificados dos Açores disponíveis. Manuel Serpa afirma ainda que a CVR Açores não será extinta, apesar da legislação nacional que prevê a redução deste tipo de estruturas no país, até porque na Região é a única estrutura do género. (...) Lembra que a CVR é um organismo privado que alberga representantes das cooperativas vitivinícolas e das associações agrícolas da Graciosa, Pico e Terceira, não entendendo a alusão a privados da CVVB. Manuel Serpa refere ainda que o orçamento da CVR Açores é “transparente” e que não privilegia ninguém “porque simplesmente não tem verbas para isso”(...)".

Nota: Só agora damos nota deste assunto visto que perdemos os dados em causa aquando de problemas técnicos que sofremos (em Abril e Maio) e só recentemente recolhemos de novo estas informações.

Faz hoje um ano que publicamos:
Arranque da campanha eleitoral

Read more...

quarta-feira, 27 de setembro de 2006

Festival Abismo com balanço positivo

O Festival Abismo 2006 que decorreu a 15, 16 e 17 de Setembro no Parque de Campismo dos Biscoitos foi visto pela organização como tendo sido muito positivo. Foi este o sentido de várias declarações públicas de membros da organização do evento.


No passado domingo e hoje mesmo, em repetição, o Programa Açores VIP, da RTP-Açores, apresentou uma reportagem deste Festival. Distribuídos por três partes, foram apresentados cerca de 12 minutos de imagens (cerca de uma quarta parte do programa) que passaram por momentos de espectáculo, pelo ambiente humano vivido entre o público, por entrevistas (incluindo ao nosso conhecido bloguista Júlio e a elementos dos continentais M.A.U.) e por alguns pormenores da animação paralela como o body painting e os espaços comerciais.
O apresentador Emanuel Costa também falou com um dos membros
da organização que se referiu um balanço muito positivo da iniciativa, apesar das dificuldades financeiras e logísticas em realizar um evento deste tipo nos Açores. Ficou também a referência de o Parque de Campismo dos Biscoitos foi uma boa escolha uma vez que o desenho do seu espaço é muito bom e propício a este tipo de eventos, a juntar ao facto de os Biscoitos serem "uma excelente freguesia".
Este organizador, falando em termos pessoais, apontou o Xl Garcia como o momento mais alto e
o grupo Peste & Sida como o executante do melhor espectáculo.

Também o jornal "Diário Insular" (DI) apresentou na sua revista do passado domingo uma vasta reportagem do Festival Abismo 2006.
A abrir o artigo, o repórter Hélio Vieira, escreveu que o "Festival Abismo vai ter continuidade nos próximos anos", por ser essa "a vontade dos promotores do evento".
Adianta o DI que "Miguel Linhares, da 9xRock=Açores, uma das entidades promotoras do Festival Abismo, considera que o balanço da primeira edição “é positivo, apesar dos contratempos que se verificaram no primeiro dia devido ao mau tempo e a razões de ordem técnica que obrigaram a transferir todos os concertos para noite de sábado”. Com a experiência adquirida este ano, Miguel Linhares assegura que existem condições para o Festival Abismo continuar a realizar-se anualmente. “Queremos que o festival não fique por aqui e possa evoluir nos próximos anos. Vamos efectuar outras edições desta iniciativa mesmo que não seja nos Biscoitos. Podemos fazer o festival noutro local da Terceira ou até em São Miguel."
Noutra parte do mesmo artigo escreve-se que "apesar de considerar que o Festival Abismo teve uma adesão “muito razoável do público”, tendo em conta que se trata da primeira edição, Miguel Linhares referiu que a organização espera que, no futuro, exista uma maior participação de modo a que seja possível viabilizar uma iniciativa que conta quase exclusivamente com o apoio de entidades privadas e necessita da receita de bilheteira para ser viável. “Os terceirenses não gostam muito de pagar bilhetes para este tipo de eventos. Mas as pessoas têm que compreender que nós não temos apoios financeiros de entidades públicas e que sem receitas desse tipo torna-se muito complicado fazer um festival”, adianta."

Neste momento no blog "Musicofilia", de Miguel Linhares, está a decorrer uma votação sobre a continuidade do Festival Abismo.

Faz hoje um ano que publicamos:
Balanço municipal

Read more...

terça-feira, 26 de setembro de 2006

Comunicado do Festival Abismo 2006

A pedido da organização do Festival Abismo 2006, publicamos o seguinte comunicado público envolvendo a comissão de festas do Imaculado Coração de Maria dos Biscoitos, a banda de rock Overload e esta organização:
Esclarecimento perante a comissão de festas do Imaculado Coração de Maria – Biscoitos, envolvendo o Festival Abismo e o grupo “Overload”.

O festival Abismo realizou-se nos passados dias 15, 16 e 17 de Setembro no parque de campismo dos Biscoitos, evento da responsabilidade da 9xRock=Açores e da Celeiro Produções e com os apoios da Câmara Municipal da Praia da Vitoria e da Junta de Freguesia dos Biscoitos, para além de outras entidades. Como este festival coincidia com as festas do Imaculado Coração de Maria e depois de algumas conversas com a comissão destas festas, foi estabelecido um acordo verbal de cooperação mútuo entre as duas festividades. Entre os vários pontos de colaboração, ficou estipulado que a organização da noite do domingo, dia 17, nas festas dos Biscoitos, ficaria a cargo da organização do festival.
Sendo assim, a partir das 21:15 haveria capoeira, ás 21:30 jogo do pau e ás 22:30 a actuação do conjunto Overload, conjunto este que já tinha actuado no festival. Convêm referenciar que por variadas razões, desde motivos pessoais dos artistas, problemas técnicos da responsabilidade da organização e condições climatéricas, muitas das actividades que se iriam realizar no palco secundário do festival Abismo foram canceladas. Para além desta ser uma primeira edição e muitos pontos terem que ser melhorados, existem factores impossíveis de contornar. No caso desta noite organizada por nós, festival Abismo, no palco das festas dos Biscoitos, falhou a actuação do conjunto Overload.
Embora indirectamente a responsabilidade tenha que nos ser imposta, a não comparência deste conjunto musical ultrapassou-nos por completo, pois tudo foi acordado antecipadamente. Inicialmente mostraram-se reticentes em participar, mas acabaram por aceitar, pelo que foi a banda por nós proposta á comissão de festas dos Biscoitos. Simplesmente não apareceram no dia do concerto e nem se dignaram a comunicar a sua desistência. Muitos esforços foram feitos para entrar em contacto com o grupo Overload durante aquela noite e mesmo durante a tarde do dia seguinte, para tentar perceber o porquê desta atitude muito infantil e pouco ética. Nada conseguimos! Apesar de não termos nenhuma responsabilidade sobre este conjunto, como foi algo por nós proposto, apresentamos o nosso pedido de desculpa público à comissão de festas do Imaculado Coração de Maria, lamentando o sucedido que, da melhor maneira possível, tentámos solucionar com a presença de três animadores que abandonaram o recinto do festival para irem “tapar o buraco”.
De nossa parte, condenamos veemente a posição tomada pelo conjunto Overload, que mesmo que tivesse razões fortes e consistentes para não actuarem naquele palco, deveriam ter comunicado antecipadamente que não iriam comparecer. É o mínimo que se pede, tendo em conta a boa educação e o bom senso. Passados três dias do sucedido, ainda não obtivemos nenhuma resposta por parte do conjunto, o que demonstra falta de carácter, responsabilidade e alguma infantilidade, talvez resultante da idade e inexperiência. Só podemos afirmar que o concerto que proporcionaram na noite do dia 16 no recinto do festival, no computo geral, foi muito bom, chamou muita gente ao palco, arrancou aplausos e demonstrou que continuando a trabalhar, poderão ser um grupo de rock a ter em conta. Neste capítulo estão de parabéns, mas avaliando a postura pessoal e humana, deixaram a desejar por esta atitude reprovável e pela lamentável falta de humildade.
Que isto sirva de exemplo a quem no futuro quiser trabalhar com o conjunto Overload. Da nossa parte e mais uma vez, as nossas desculpas á comissão de festas do Imaculado Coração de Maria e a todos os que lá estavam à espera deste concerto.

A organização do Festival Abismo 2006

Read more...

segunda-feira, 25 de setembro de 2006

Destaque no Blog Azoriana/Açoriana

Azoriana Blog

Pelo menos desde ontem o Blog Biscoitos está em destaque no Blog Azoriana/Açoriana.
Agradecemos esta simpatia à sua autora e editora, uma "bloguista" e "ebitista" ferrenha.

Faz hoje um ano que publicamos:
Futsal no Pavilhão dos Biscoitos
Festa de Santo António (Porto) 2005

Read more...

domingo, 24 de setembro de 2006

Festa de Santo António no Porto dos Biscoitos

Como habitualmente, está a realizar-se neste fim-de-semana do último domingo de Setembro a Festa de Santo António na zona do Porto dos Biscoitos.
Este ano os mordomos são os senhores Manuel e Délio.

PROGRAMA OFICIAL
A noite de ontem foi animada por um artista brasileiro.
Hoje, pelas 11 horas teve lugar a Missa solene, celebrada pelo Reverendo Padre Ricardo Toste na Ermida de Santo António. Seguiu-se a Procissão até ao Porto de Pesca, com a presença de ambas as filarmónicas locais (Filarmónica Progresso Biscoitense e Filarmónica Recreativa Biscoitense).





Neste momento deve estar a terminar a tradicionalíssima "Tourada do Porto", com touros da Ganadaria Eliseu Gomes.

O PROGRAMA PARALELO
Aproveitando as estruturas montadas para o Festival Abismo 2006, a "Celeiro Produções" levou a efeito ontem, no Parque de Campismo dos Biscoitos, um espectáculo cujo cartaz principal foram os continentais M.A.U..
Também contribuíram para a animação da noite os Dj's Ska e Bruno e o mc Blue.

GENTE DE TODA A ILHA
Esta é uma festa que atrai pessoas de toda a ilha, existindo inclusivamente grupos e instituições que tradicionalmente realizam excursões aos Biscoitos neste "Domingo do Porto", como é caso da Junta de Freguesia da Terra-Chã, por exemplo.

POLÉMICA SOBRE A RESERVA DE ESPAÇOS
Vários foram os ecos que surgiram na comunicação social cerca de dez dias antes destas festas dando conta da insatisfação dos biscoitenses acerca da marcação de lugares com vista à sua utilização no "Domingo do Porto".

A 14 de Setembro o "Diário Insular" (DI) apresenta este assunto no espaço principal da sua primeira página, noticiando o seguinte: "A orla marítima dos Biscoitos está a ficar cheia de lugares marcados por centenas de pessoas de dentro e fora da freguesia que querem garantir os melhores lugares com vista a assistirem à tourada do Porto e, ao mesmo tempo, obterem de forma indevida um “poiso” onde permaneçam um fim-de-semana com tamanho suficiente para receberem a família e os amigos. Segundo o presidente da Junta de Freguesia, Carlos Cardoso, trata-se de “uma coisa muito mal feita, apesar de ser assim há anos”. Em declarações ao DI, o autarca afirma-se “totalmente contra”, ao mesmo tempo que é da opinião de que “as autoridades devem, sem grandes alardes”, acabar com a actual situação, que, por vezes, assume contornos “muito evidentes” de vandalismo, para além do abuso que é assumir como de sua propriedade para uso exclusivo espaços públicos. Carlos Cardoso disse à nossa reportagem que as pessoas chegam a deslocar-se propositadamente aos Biscoitos para demarcarem os seus espaços e usam as mais diversas tintas escrevendo a palavra “reservado” no chão que é público e ninguém faz nada para acabar com esta situação. “Há muita falta de civismo e egoísmo em relação ao que se vem passando nos Biscoitos, porque se trata de um dia em que toda a ilha Terceira gosta de frequentar aquela freguesia e só o facto de as pessoas estarem a marcar lugares, seja de que forma for, é ilegal e essas marcações não têm qualquer validade e é importante que isto seja dito”, afirma. “Ninguém deu licenças a ninguém para marcar “cadeiras” seja onde for, pelo que todos podem estar onde bem entenderem dentro das regras do civismo e do respeito mútuo”, afirma o autarca local, adiantando que, “até no que se refere às tintas usadas, estas são proibidas pela lei que rege os riscos nas estradas para as touradas à corda, onde apenas a cal é permitida”. A verdade é que, lado a lado com registos de pinturas recentes, podem ser vistos no chão de toda a orla marítima, na área do Porto dos Biscoitos, registos de pintura de há vários anos e há quem diga que as mesmas pessoas os dão como certos para o ano seguinte. Este ano e em anos anteriores já se deram algumas cenas de agressões que, “para além de serem pouco dignas, seriam evitáveis se houvesse bom senso e as pessoas fossem aos Biscoitos tal como acontece com todas as outras touradas”, sustenta Carlos Cardoso."

Segundo a reportagem do "DI", que refere ter ouvido muitos biscoitenses, "todos, sem excepção, se mostraram contra a actual situação que se vive, “desde sempre”, em relação aos dias e semanas que antecedem a tourada do Porto."

O mesmo jornal informa que "a Polícia de Segurança Pública, na parte que lhe cabe, ou seja, nos espaços “do lado de terra” da zona marítima dos Biscoitos, vai começar a actuar ainda hoje, mandando retirar paletes que se encontram espalhadas em alguns sítios com a finalidade de marcar espaços. Esta atitude, segundo nos foi dita, é aplaudida pelos populares e pela autarquia local dos Biscoitos. (...) Em relação à tourada do Porto dos Biscoitos, o comissário Carlos Raposo afirma que as pessoas que conspurcarem com tintas ou de outras formas o espaço público na sua zona de jurisdição serão autuadas de acordo com a lei."

Na "Primeira Coluna" desta mesma edição pode ler-se, a este propósito, e referindo-se o saudável "apetite insaciável dos terceirenses pela festa", que "nestas coisas há sempre quem queira manchar a pintura, se ache mais esperto do que os outros e, eivado de egoísmo tamanho, resolve perturbar a paz e concórdia que deveria ser apanágio desses dias. Está a repetir-se, de ano para ano, nos Biscoitos, agora que estamos a semana e meia da festa rija, e que tem a ver com a reserva de espaços que alguns fazem para se instalarem no dia da tourada do porto. Pintam marcações a tinta no asfalto, fincam estacas, delimitam com calhaus, demarcam o território para montarem o seu poleiro. Tais atitudes estão a indignar a população local que promete organizar-se e tomar a coisa a peito. Festa e civismo devem andar de braço dado e se os nossos direitos têm a ver com os direitos dos outros, não faz sentido criar conflitos quando o clima é de festa e os espaços em questão são de todos. Faz lembrar um pouco as cadeirinhas nos passeios de Angra em dia de cortejo. Só falta que as reservas sejam feitas por risco a tinta branca feito na calçada."

Outra curiosidade é o facto de hoje mesmo termos observado a existência de "cerrados" privados a serem utilizados como parques de estacionamento pago (entre 2 e 3 euros, consoante a distância a que estão da zona do Porto). Esta é sem dúvida uma expressão da "sociedade de mercado" em que vivemos, apesar de contrastar com outras ocasiões e outras localidades em que em contexto de festividades os cidadãos cedem espaços idênticos a estes para estacionamento gratuito.

SEGURANÇA REFORÇADA
Tal como no fim de semana anterior, aquando da realização do Festival Abismo 2006, a operação de segurança montada para estas Festas do Porto 2006 implicou a proibição de estacionamento nalgumas vias, como é o caso da Canada do Porto. Segundo conseguimos apurar esta medida relaciona-se com a garantia de existência de "corredores de segurança" por onde poderão circular veículos de emergência, em caso de necessidade.

Nota: Agradecemos a Luzia Cordeiro Rodrigues a gentil cedência de fotografias (todas as publicadas à excepção das que estão identificadas com outra autoria).

Faz hoje um ano que publicamos:
Festa na Rua dos Boiões

Read more...

sábado, 23 de setembro de 2006

Festa da Rua dos Boiões

Realizou-se na noite de sexta-feira e na tarde deste sábado a Festa da Rua dos Boiões.
Ontem o serão foi animado pela tradicional cantoria.
Na tourada de hoje foram corridos quatro touros da Ganadaria Herdeiros de Ezequiel Rodrigues.

Nota: Actualizado a 24 de Setembro de 2006.

Read more...

sexta-feira, 22 de setembro de 2006

Biscoitos no Magazine Tauromáquico

A edição desta sexta-feira do programa "Magazine Tauromáquico", transmitido pela RTP-Açores, apresentou referências aos Biscoitos em duas reportagens.

Primeiro, na apresentação de um desfile alusivo à tauromaquia terceirense levado a efeito a 1 de Setembro nas Festas de Santo António, em Santa Bárbara, surgiu nas imagens televisivas a representação da Ganadaria Duarte Pires, cujo proprietário é residente nos Biscoitos.
Já no final do programa, e como é habitual, foi apresentada uma considerável reportagem da "Segunda-feira dos Biscoitos", ou seja, da tourada à corda que se realizou no Caminho de Concelho desta freguesia, integrada nas Festas do Imaculado Coração de Maria.

Este programa será transmitido novamente, em repetição, pelas 14 horas deste sábado.

Read more...

quinta-feira, 21 de setembro de 2006

Festas do Imac. Coração de Maria - Dia 6

A edição de 2006 das Festas do Imaculado Coração de Maria termina hoje.


Assim, hoje o programa prevê uma Excursão ao Tentadero de "Herdeiros de José Albino Fernandes" e uma Corrida de Touros (1 Puro) com exemplares da Ganadaria Casa Agrícola José Albino Fernandes.

Tendo em atenção as condições atmosféricas da passada terça-feira, parte do programa desse dia acontecerá hoje, após a tourada, nomeadamente o Bodo de Leite.

Após a Abertura da Iluminação e Bazar haverá uma Demonstração de Kickboxing e Aerokick e a actuação do Conjunto "Los Gosmanos". Esta é uma banda de “covers” dos anos 60, 70 e 80 que surgiu em 1997, tendo já actuado em várias ilhas açorinas.

Para a meia-noite está marcado o Encerramento das Festas com "Surpresa Ruidosa" e Fogo de Artifício.

Entretanto, como está registado na nossa agenda, já a partir de amanhã teremos as Festas da Canada da Rua dos Boiões, neste fim-de-semana as Festas do Porto e no seguinte as Festas da Canada do Caldeiro.

Nota: Contamos brevemente apresentar algumas fotos destes 6 dias de Festas em Louvor do Imaculado Coração de Maria e também de anteriores eventos como a Festa da Canada da Fonte, a Deslocação da Filarmónica Progresso Biscoitense à Graciosa e a Festa da Vinha e do Vinho.

Faz hoje um ano que publicamos:
Tourada e OLB
Site da Junta de Freguesia

Read more...

quarta-feira, 20 de setembro de 2006

Festas do Imac. Coração de Maria - Dia 5


As Festas do Imaculado Coração de Maria seguem esta quarta-feira com mais uma Excursão a um Tentadero, desta feita ao de "Rego Botelho".
Pelas 17:30 realizar-se-á uma Corrida com 4 Touros da Ganadaria "Herdeiros de Gaspar Baldaya", sendo um deles Puro.

Após a Abertura da Iluminação e do Bazar, o serão terá sabores especiais com a "Noite do Pescador", estando prevista a distribuição de peixe grelhado, pão de milho e vinho para todos os presentes.

A partir das 22:30 actuará o Grupo Folclórico de São Bento "Baile da Canção Regional Terceirense".
Este grupo foi fundado pela poetisa Maria Francisca Bettencourt (Maria do Céu) e fez a sua primeira apresentação pública no dia 16 de Julho de 1966. Para além de imensas actuações na Terceira e outras ilhas dos Açores, o "Baile da Canção Regional Terceirense" já fez várias deslocações a Portugal Continental e ao estrangeiro (Espanha, Canadá, França, Suíça, Brasil e Estados Unidos da América) e tem vários trabalhos editados.
Nos Biscoitos tem sido regular a sua participação nas Festas da Vinha e do Vinho.

Faz hoje um ano que publicamos:

Read more...

terça-feira, 19 de setembro de 2006

Festas do Imac. Coração de Maria - Dia 4


O programa das Festas do Imaculado Coração de Maria desta terça-feira começa pelas 15 horas com uma Vacada na Praça de Santo António, com vacas da Ganadaria "Herdeiros de Ezequiel Rodrigues".

A tarde termina com o Bodo de Leite, com o tema "Recordação de Outros Tempos", a partir das 19 horas, seguindo-se a Distribuição de massa, leite e vinho, pelo público presente.

Às 20:30 será a Abertura da Iluminação e do Bazar e o serão será dedicado a uma Cantoria, com início agendado para as 21:30, com Eliseu Gomes, Retornado, João Ângelo e Carlos Andrade.

Faz hoje um ano que publicamos:

Read more...

segunda-feira, 18 de setembro de 2006

Festas do Imac. Coração de Maria - Dia 3


Hoje é o terceiro dia das Festas do Imaculado Coração de Maria 2006.


Por volta das 10 horas partiu uma Excursão com destino ao Tentadero da Ganadaria "Herdeiros de Ezequiel Rodrigues", onde foi preparada a festa para a tradicional tourada à corda da "Segunda-feira dos Biscoitos".
A Corrida aconteceu com 4 Touros (1 deles Puro) da referida Ganadaria.

Às 21:00 foi aberta a Iluminação e o Bazar, seguindo-se, pelas 22 horas o Desfile de Marchas com a participação da Marcha Oficial dos Biscoitos, da Marcha de São Bartolomeu, da Marcha da Rua de São João e da Marcha de São Bento.

A noite segue com a actuação do Cantor "Alcides Machado" e suas Bailarinas.
Este artista, natural da Ilha de São Jorge, está radicado nos Estados Unidos da América (EUA) e desenvolve uma importante carreira artística como cantor, escritor e compositor de música portuguesa, latina e americana.
Durante este seu percurso já editou vários trabalhos e actuou em muitas partes dos Estados Unidos, Canadá, América Central e Europa.
Já este ano Alcides Machado realizou espectáculos na Austrália, Califórnia (EUA) e Ilha de São Miguel, tendo agendados futuros concertos para vários locais na Califórnia e Florida (EUA).

Read more...

Festas do Imac. Coração de Maria - Dia 2

Ontem, Domingo, foi o dia maior da Festa do Imaculado Coração de Maria, tanto em importância como em extensão do programa.


Logo a partir das 7 horas e até ao meio-dia desenrolou-se o Concurso de Pesca, com muita participação, muito peixe capturado e um almoço convívio.
Às 10 horas foi jogado o Torneio de Futebol Solteiras/Casadas e 40 minutos mais tarde o Torneio de Futebol Solteiros/Casados.

A tarde foi solene com a Eucaristia e a Procissão em Louvor do Imaculado Coração de Maria. A Eucaristia contou com uma componente musical dirigida pelo Maestro Duarte Rosa e com a participação de elementos dos dois grupos corais dos Biscoitos, acompanhados por Diamantino Lucas, na trompete, Paulo Almeida, no clarinete, e Ricardo Toste, no órgão.
A Procissão, abrilhantada pelas Filarmónicas Progresso Biscoitense, Recreativa Biscoitense e Espírito Santo da Agualva, saíu da Igreja do Imaculado Coração de Maria, subiu o Caminho do Concelho, passou pela Canada da Salga e regressou ao templo.

Às 21 horas registou-se a Abertura da Iluminação e do Bazar seguindo-se exibições de Capoeira e de Jogo do Pau e a Entrega das Taças do Concurso.
O serão foi preenchido com o Grupo "Overload".
Como no sábado, a festa continuou pela noite dentro com o Festival Rock Abismo 2006.

Read more...

Festas do Imac. Coração de Maria - Dia 1

Começou sábado a edição de 2006 das Festas em Louvor do Imaculado Coração de Maria.

Neste dia de abertura, e de acordo com o Programa disponível na nossa agenda, o primeiro momento festivo foi vivido com a inauguração da nova iluminação, possível pelo apoio de vários patrocinadores.

Seguiu-se a abertura do Bazar e animação de rua.
Desfilaram as duas Filarmónicas locais, a saber, a Filarmónica Progresso Biscoitense e a Filarmónica Recreativa Biscoitense, e a Marcha Oficial da Freguesia, com letra de Teresa Valadão, música de Paulo Almeida e coreografia e ensaios a cargo de Clemente Martins. Esta marcha, composta por 64 elementos, foi acompanhada pela Filarmónica Progresso Biscoitense.
"As Quatro Estações do Ano" foi o tema inspirador para o Grandioso Cortejo de Abertura, que contou com os seguintes figurantes do Séquito Real: Sofia Fagundes - Rainha; Paulo Ourique - Chefe de Protocolo; Marina Pires - Camareira Mor; Sónia Martins, Cátia Grilo, Verónica Ficher, Verónica Aguiar, Cristina Santos e Marisa Barros - Damas de Honor; Rafaela Ourique e David Fialho, Ana Carolina Pimentel e Diogo Cota, Soraia Ribeiro e Nelson Mendes e Tatiana Ribeiro e Samuel Ribeiro - Pagens.

O Cortejo terminou com o Discurso da Abertura Oficial das Festas.

A noite continuou com o Festival Rock Abismo 2006.

Faz hoje um ano que publicamos:

Read more...

domingo, 17 de setembro de 2006

Festival Abismo 2006


Está a decorrer desde sexta-feira e termina esta noite o Festival Abismo 2006.
Realizado no Parque de Campismo dos Biscoitos, adaptado para o efeito, trata-se de um evento cujo cartaz principal é dominado por bandas de rock e dj's com nomes de destaque no panorama nacional e regional.
Esta é uma aposta partilhada pela "9xRock=Açores" e "Celeiro Produções", tendo como principais patrocinadores as empresas Melo Abreu e Pernot Ricard Portugal e apoio de diversas entidades, como a Câmara Municipal da Praia da Vitória, a Junta de Freguesia dos Biscoitos, a Via Oceânica, a PSP, a Polícia Marítima, a Cruz Vermelha, a Celeiro Disco e a Plug - Design & Multimédia.

GRANDES NOMES
passaram pelo palco principal os terceirenses Overload, Anomally, Lithium, Othello e Manifesto e os continentais Peste & Sida.
Na tenda electrónica marcaram presença os Dj's locais Fbo e Bruno e os lisboetas Carlos Manaça e Xl Garcia.
Esta noite temos no palco principal os terceirenses Amnezia e os continentais M.A.U., enquanto que a tenda electrónica será animada pelo Dj micaelense Ishan e pelo lisboeta Alif.
Como nos dias anteriores haverá sessão de Chill-out pelos Djs/animadores locais Lino e João Luís, estando os efeitos de imagem a cargo de Vj Mad Image Labs.
É ponto de honra da organização o facto de os artistas açorianos terem lugar privilegiado neste evento, com o objectivo de prestar a estes artistas regionais uma vez que os mesmos carecem, por vezes, de oportunidades e espaços com condições para mostrarem o seu trabalho.

MUITA ANIMAÇÃO E DIVERSIDADE
Existe ainda um palco secundário onde ocorrem diversos eventos, todos os dias e durante todo o dia.
Tem vindo também a ser efectuadas várias actividades como workshops, direccionados para os jovens, de guitarra da terra, capoeira, jogo do pau, teatro, aerokick e uma aula afro-latina e de Hip-pop com a professora Sara Pires Nascimento. Nas zonas mistas, onde estão os bares, existem quiosques de artesanato, de comerciantes, informação variada sobre algumas artes como o body painting, tatoo, body piercing e tarot, para além de massagens, reiki, tratamento com pedras semi-preciosas e cristais (Alkimia Gabinete Estética) e ainda uma campanha de sensibilização da organização AMI.
Animação tem sido assegurada em todo o recinto por andas, malabarismo, tereres, cuspidores de fogo, ecrãs multimédia, e espaço radical, com diversas actividades.

PORQUÊ NOS BISCOITOS?
Porque, segundo a própria organização "a zona costeira dos Biscoitos, é, sem dúvida, o lugar ideal por diversas razões e factores que de seguida enumeramos:
1 - A existência de um parque de campismo construído recentemente que para além de ser um dos maiores da região, também é um dos que proporciona as melhores condições;
2 - Zona Balnear extensa e agradável, muito procurada nessa altura;
3 - Terreno vasto de fácil acesso sem habitações familiares num raio considerável, factores estes que facilitam a construção e a realização do festival na maior das normalidades;
4 - No concelho da Praia da Vitoria existem excelentes zonas balneares na zona norte da ilha, assim como a dos Biscoitos, o que gera interesse na medida em que promove todos estes espaços de sol e lazer bem como variadas casas de turismo rural e habitacional.
Aliado a estes factores e derivado da posição geográfica privilegiada da freguesia dos Biscoitos, surge a relativa proximidade com o centro da cidade de Angra do Heroísmo e da Praia da Vitória, onde reside a maior parte do público-alvo deste evento
."

SEGURANÇA PREVISTA
Como a época balnear acabou oficialmente a 15 deste mês, nos Biscoitos foi prolongada por mais dois dias devido ao evento, com a presença de dois nadadores-salvadores.

PROMOÇÃO INTENSA
Desde a preparação e divulgação de material para os órgãos de comunicação social (rádio, televisão, jornais e revistas locais), até à produção de bandeiras, cartazes de grande e médio formato e flyers, bem como t-shirts, pins e postais, todos os meios serviram para a campanha de promoção do evento.
Um site na Internet, com a colaboração da empresa ViaOceânica, tem disponível toda a informação sobre o festival de uma forma detalhada e faz a transmissão, em directo, para todo o mundo do festival, durante os três dias.

PARA CONTINUAR...
A nota de apresentação deste Festival à comunicação social explica que este "projecto, foi idealizado segundo uma perspectiva de longo prazo, ambicionando ser realizado todos os anos no mês de Agosto ou Setembro com a promessa de cumprir continuamente o seu dever para com as necessidades culturais das camadas jovens dos Açores." Adianta-se ainda que "este será um festival que se alargará a todas as pessoas (...) a multiplicidade cultural é uma mais valia para a união de uma sociedade pequena como a nossa. A cultura não só deverá ser feita por todos, como deverá ser para todos, residindo aí a sua diversidade."

Read more...

quarta-feira, 13 de setembro de 2006

Boletim Municipal #1.06


Recentemente tomamos conhecimento do Boletim Municipal #1.06 da Câmara Municipal da Praia da Vitória.
Este número diz respeito ao período entre Dezembro de 2005 e Fevereiro de 2006.
A única referência aos Biscoitos que encontramos neste documento está na sua página 14 num artigo intitulado "Câmara da Praia desafia agentes culturais". Neste âmbito é citado Roberto Monteiro que avisou que "A Praia da Vitória começa nos Biscoitos e acaba no Porto Martins e não é apenas o Auditório do Ramo Grande".

Faz hoje um ano que publicamos:
As belezas das curraletas

Read more...

terça-feira, 12 de setembro de 2006

Destaques


Introduzimos hoje na nossa barra lateral mais um espaço onde desejamos dar destaque a alguns eventos, maioritariamente incluídos na nossa Agenda.
A inauguração é feita com dois eventos marcados para breve nos Biscoitos. Assim, destacamos o programa da edição de 2006 das Festas do Imaculado Coração de Maria e o site oficial do Festival Rock Abismo 2006, que se irá realizar no Parque de Campismo dos Biscoitos.
Aproveitamos e renomeamos o espaço "Calendário" passando a utilizar a designação "Calendário e Agenda".

Faz hoje um ano que publicamos:
Praiense segue na Taça de Portugal

Read more...

segunda-feira, 11 de setembro de 2006

Kickboxing regional apoiado

A Associação de Kickboxing/Full-Contact dos Açores (AKBFCA), sediada na freguesia dos Biscoitos, recebeu ao longo dos últimos meses mais um conjunto de apoios do Governo Regional dos Açores para as suas actividades.

Os mais relevantes destes apoios surgem pela assinatura de um Contrato-Programa com a Direcção Regional do Desporto (Contrato-Programa n.º 64/2006 - Jornal Oficial, IIª Série, nº 21, 23 de Maio de 2006), tendo como objectivo o desenvolvimento desportivo do kickboxing/full contact através de um programa a executar até 31 de Dezembro de 2006.
Tendo em conta que o custo previsto de investimento total a realizar pela AKBFCA conforme o programa apresentado é de € 71.620,00, este contrato prevê a atribuição de comparticipações financeiras no montante de € 55.118,85, assim distribuídas:
1 – € 28.664,47 para actividades competitivas de âmbito local, sendo:
a) € 16.164,47 para a organização de quadros competitivos ao nível de ilha;
b) € 12.500,00 para apoio à estrutura técnica associativa, designadamente para o funcionamento do gabinete técnico.
2 – € 10.480,00 para actividades competitivas de âmbito regional.
3 – € 7.536,00 para actividades competitivas de âmbito nacional.
4 – € 1.955,00 para a arbitragem, sendo:
a) € 786,00 para a arbitragem de âmbito regional;
b) € 1.169,00 para a arbitragem de âmbito nacional.
5 – € 6.160,09, valor previsível, para a formação de recursos humanos, sendo:
a) € 1.778,09, para apoio à formação de praticantes;
b) € 3.198,00, valor previsível, para apoio à formação formal de agentes desportivos não praticantes, efectuando-se os necessários acertos após a apresentação dos relatórios de cada acção;
c) € 1.184,00 para apoio à formação não formal de agentes desportivos não praticantes.
6 – € 323,29 para apoio a actividades de promoção desportiva local.
Este
contrato-programa assinado a 8 de Março de 2006 entre o Director Regional do Desporto, Rui Santos, e a Presidente da Direcção da AKBFCA, Belma Ribeiro, reconhece o interesse público regional da totalidade das provas e fases de âmbito regional e nacional e as arbitragens abrangidas pelo mesmo para efeitos de requisições de serviço e relevação de faltas.
Por seu turno a
AKBFCA fica obrigada a cumprir o programa que delineou, a apresentar um conjunto de relatórios relativos à sua execução e a divulgar pelos seus filiados este acordo.

Por Portaria do Secretário Regional da Educação e Ciência, de 30 de Maio de 2006, já foram atribuídas as primeiras prestações das seguintes comparticipações financeiras: € 6.000,00 para apoiar o desenvolvimento de actividades de âmbito nacional; € 12.500,00 - para apoiar o desenvolvimento de actividades de âmbito local; e € 8.000,00 para apoiar o desenvolvimento de actividades de âmbito regional (Portaria n.º 370/2006 - Jornal Oficial, IIª Série, nº 24, 13 de Junho de 2006).

A 1.ª prestação destinada a apoiar o desenvolvimento de actividades no âmbito de arbitragem regional e nacional teve o valor de € 1.500,00 e foi atribuída através de Portaria do Secretário Regional da Educação e Ciência, de 16 de Junho de 2006 (Portaria n.º 428/2006 - Jornal Oficial, IIª Série, nº 27, 4 de Julho de 2006). Na mesma data foram atribuídos os € 12.500,00 destinados a apoiar o funcionamento do gabinete técnico na Associação (Portaria n.º 433/2006 - Jornal Oficial, IIª Série, nº 27, 4 de Julho de 2006).

Outro Contrato-Programa de desenvolvimento desportivo assinado pelos mesmos intervenientes, entre a Associação de Kickboxing/Full-Contact dos Açores e a Direcção Regional do Desporto, foi relativo à organização do Torneio Internacional da Super-Liga “Praia 2006”, em seniores (Contrato-Programa n.º 66/2006 - Jornal Oficial, IIª Série, nº 21, 23 de Maio de 2006).

Tendo sido considerada uma iniciativa de interesse desportivo no âmbito do desenvolvimento da modalidade de Kickboxing e alvo de apresentação de um relatório demonstrativo da realização do evento a AKBFCA recebeu uma comparticipação financeira de € 1.267,50, correspondente a cerca de 17,5% do custo total da actividade (€ 7.655,59).
Recordamos que apresentamos este torneio no passado dia 10 de Fevereiro.

Read more...

sábado, 9 de setembro de 2006

Lobitos do 793 no ACANUC

No recente ano escutista 2005/2006 o Agrupamento 793 - Biscoitos do Corpo Nacional de Escutas (CNE) desenvolveu várias actividades internas e participou nalguns empreendimentos de maior dimensão.
No âmbito da comunidade local este Agrupamento dinamizou uma Semana de Louvor ao Divino Espírito Santo (de que demos nota no passado dia 17 de Junho).

Ao nível da Ilha Terceira o 793 participou no ACANUC da Iª Secção que decorreu de 5 a 9 de Julho, em São Brás, reunindo Lobitos de vários Agrupamentos terceirenses.
Neste Acampamento de Núcleo, organizado pela Junta de Núcleo da Ilha Terceira, o Agrupamento dos Biscoitos participou com um Bando de 7 elementos: André Campos, Ruben Cabral, Cátia Borges, Jéssica Teixeira, Lara Garcia, Pedro Pereira e César Carvalho, acompanhados pelos Caminheiros Fábio Monteiro e Tânia Cardoso.


Na esfera dos Serviços participou a Dirigente Paula Batista (Equipa de Actividades) a Dirigente Diana Pimentel (responsável pela Equipa de Animação) e o Caminheiro Fábio Monteiro (Equipa de Animação).


Apresentamos de seguida algumas imagens da actividade.

Notas: Agradecemos à Chefe de Agrupamento Diana Pimentel a cedência destas fotos e informações.
Brevemente apresentaremos dados e fotos da participação biscoitense no II Rover Açoriano, realizado de 16 a 23 de Agosto, nas Flores e no Corvo.

Faz hoje um ano que publicamos:
Sociedade Recreativa Biscoitense recebe apoio

Read more...
Biscoitos, Praia da Vitória, Ilha Terceira, Açores, Portugal

  © Blogger templates The Professional Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP