quarta-feira, 14 de dezembro de 2005

Comentários sobre Zona Demarcada

Por terem sido referidos em vários comentários (aqui, aqui, e aqui) neste Blog, e actualmente os mais antigos já não estarem disponíveis online, no seu site de origem, recuperamos (se não a totalidade, pelo menos a maior parte) e publicamos de seguida os comentários sobre a Região Demarcada do Vinho dos Biscoitos originalmente alojados em espaço do PortalAçores.
Esperamos que esta "repescagem" não ofenda quem produziu os comentários em questão, visto que entendemos, que tendo estado os mesmos online, serão de "domínio público".
Aqui estão eles:

"Região Demarcada do Vinho dos Biscoitos
http://www.gzcah.pt/biscoitos/ - Adicionado em: 23-Mar-1998 e classificado na categoria: Turismo
Comentários a este Site:
Manuel Mendes
Quinta-feira, 03-Fev-2005 às 18:37:41
Não será umas Região "Marcada" que produz grandes vinhos? Antes dos Vinhos há que preservar condições climáticas... e não tapar o sol com betão armado! Falta massa... cinzenta como diz um biscoitense. Manel Mendes
Manuel Mendes
Sexta-feira, 04-Fev-2005 às 17:58:52
PROVA: a mais difícil das provas, é o ser visto de perto. M.M.
Jacinto
Sábado, 05-Fev-2005 às 18:34:18
região demarcada de? Vinho? Casas? Vinhas abandonadas? falta de cultura...?
marcelino santos
Sexta-feira, 25-Fev-2005 às 20:32:05
ainda existe?
José Júlio de Meneses
Domingo, 27-Fev-2005 às 19:36:30
Porquê uma empresa de prestação de serviços só no Pico, quando a mão de obra está mais envelhecida nos Biscoitos. Uma empresa experimental no Pico? Onde há mais jovens na viticultura! Há mais de cinco anos que alguns produtores e enófilos da ilha Terceira mais atentos tem alertado para o assunto. Querem mesmo dar cabo da casta da Verdelho dos Biscoitos? Voltamos aos monopólios?
josé pimentel alves
Terça-feira, 01-Mar-2005 às 18:19:56
A classificação das vinhas típicas do litoral dos Biscoitos, e a Fajã da Salga, como Paisagem Protegida de Interesse Regional, tem sido como a ferrugem que tem menos acção sobre o ferro, que o vício sobre o coração. quem garante que o esforço de alguns, não será vencido no "campo da batalha"? Quantas videiras morrerão de pé devoradas pela acção de outras sensibilidades. Os despojos esses permanecerão anarquicamente espalhados na orla marítima dos Biscoitos, esperando a passagem das aves de rapina. Para onde caminha a viticultura biscoitense? O cúmulo da degradação, é não conceber a vergonha e desprezá-la!
josé pimentel alves
Terça-feira, 01-Mar-2005 às 18:20:24
A classificação das vinhas típicas do litoral dos Biscoitos, e a Fajã da Salga, como Paisagem Protegida de Interesse Regional, tem sido como a ferrugem que tem menos acção sobre o ferro, que o vício sobre o coração. quem garante que o esforço de alguns, não será vencido no "campo da batalha"?Quantas videiras morrerão de pé devoradas pela acção de outras sensibilidades. Os despojos esses permanecerão anarquicamente espalhados na orla marítima dos Biscoitos, esperando a passagem das aves de rapina. Para onde caminha a viticultura biscoitense? O cúmulo da degradação, é não conceber a vergonha e desprezá-la!
marco pires
Terça-feira, 01-Mar-2005 às 20:26:59
Idem.
Felesminda Cardoza
Quarta-feira, 02-Mar-2005 às 15:29:02
Olhem para isto! Até que enfim!!! Pois, pois, antes a surdez, um verdadeiro benefício nestas ocasiões! Força Bravos da Terceira! p.s.: Não estou a falar dos toiros! Mem das toiradas à corda. Esses já tem a sua região demarcada na Ilha terceira! Ah! Ah! Pudera!
Rodrigues Lima
Quinta-feira, 03-Mar-2005 às 11:53:18
O peso eleitoral é efectivamente muito menor em relação aos milhões de cepas de híbridos, produtores directos e outros familiares (exemplo: morangueiro, localmente vinho de cheiro) que se produzem no Pico e São Miguel. Os Biscoitos tem pouca população e produção. O.K.?
júlia raposo
Quinta-feira, 03-Mar-2005 às 15:01:59
Há que preservar as típicas curraletas a produzir até por que as paredes servem de abrigo também aos morcegos diurnos, espécie rara, para além de muitas plantas vasculares únicas.
Nuno A. Rosado
Sexta-feira, 04-Mar-2005 às 19:08:03
Sim uma paisagem de Interesse Regional para o litoral dos Biscoitos (ilha terceira). Um cadastro vitícola, o número correcto de produtores (a produzir!) e a idade dos mesmos. Será que os seus descendentes querem continuar a profissão? Valerá a pena gastar dinheiro público sem uma análise profunda? Uma empresa de prestação de serviços sem dúvida. Estarão todos os agentes económicos satisfeitos? Ou teremos uma morte lenta da vinha biscoitense, de qualidade , mas assistida?
José Pires Galhardo
Sexta-feira, 04-Mar-2005 às 23:01:59
È dever de todos nós defender a nossa cultura e o que resta da Casta da Verdelho dos Açores, a maior mancha contínua situa-se no litoral dos Biscoitos, ilha Terceira. Verdelho não é portanto uma marca. Nem tudo que é branco é Verdelho!! Mas, nos tempos das públicas calamidades, a surdez é um necessário benefício do céu... A política viticola dos Biscoitos é a mesma de há vinte anos: Vinho numa só ilha! Falta mais qualquer coisa aos habitantes da ilha Terceira.
Luis Mendes
Sábado, 05-Mar-2005 às 00:24:30
HÁ QUE SE FAZER ALGO. Atenção senhores governantes e deputados eleitos pela ilha Terceira. O vinho dos Biscoitos foi um dos vinhos da Rota dos Descobrimentos Portugueses!
Manuel Machado
Segunda-feira, 07-Mar-2005 às 18:00:54
A análise e perpectivas futuras para a viticultura dos Biscoitos (ilha Terceira- Açores) é urgente. Quem quiser formar alguma ideia do futuro vitivinicola biscoitense (região determinada) deve olhar para o pretérito.
Gabriela S. P.Martins
Segunda-feira, 07-Mar-2005 às 18:29:52
Deixar morrer o nosso património, as curraletas e o Verdelho dos Biscoitos da Terceira é apanágio daqueles que tem o carácter da traição. E, a traição é indelével, quem foi traidor uma vez , é traidor toda a vida. Força. Quem visita os Biscoitos nunca mais esquece a paisagem do litoral, a maneira de receber das suas gentes e o seu vinho. É incrível como não se apercebem os governantes das ilhas que estas só podem ter futuro preservando o que de belo tem e a difereça com qualidade, como é o caso do vinho, da massa cevada, da alcatra, enfim de uma ilha alegre que tem tudo para ser a primeira. Basta vontade de todos: das suas gentes e dos seus governantes.
Maria Emília Albergaria Soares C. Cabral
Terça-feira, 08-Mar-2005 às 12:04:28
A cada passo se ouve dizer, que os povos não estão maduros para a liberdade. Não é porém aos povos, é aos gabinetes, que falta a madureza. Que os habitantes dessa ilha maravilhosa e de grandes tradições, continue a manter o único vinho produzido com a nobre casta branca da Verdelho.
Júlio de Matos
Terça-feira, 08-Mar-2005 às 23:38:58
O parque de campismo dos Biscoitos no meio das curraletas da vinha, ficando enquadrado no ambiente, arruamentos largos com mais loteamentos, aos poucos todos os meses a paisagem biscoitense se vai alterando com bonitas e elegantes casas em largura e altura. As construções proximas do mar faz inveja a qualquer um,pois é só sair de casa e mergulhar de cabeça. Certamente o litoral desta freguesia ficará em breve muito lindo e irá atrair muitos consumidores. Parabéns para quem os merecem. A vinha que se lixe. Vinho? È uma questão de importar.
m. garcia pereira goulart
Quarta-feira, 09-Mar-2005 às 09:26:08
julgava que era mais um maluco.
de António Bandeira
Quarta-feira, 09-Mar-2005 às 16:31:28
Ao ler estes comentários apeteceu-me recordar ANTÓNIO BANDEIRA. "ARQUITECTURA NACIONAL Depois de muito matutar, o senhorio lisbonense chama o mestre d'obras: - Preciso que me faça um predio. - Sim, senhor. Rico ou pobre? -Pobre, mas parecendo rico. -Occupando todo o terreno? -Pois está visto! Jardim, isso é bom para os patetas, que não sabem dar valor do dinheiro... -E emquanto a estylo? Qual estylo nem qual carapuça! Estylo... Julga que eu sou para ahi algum pretencioso?... Estylo é cada qual metter no mesmo terreno a maior quantidade de inquilinos. - Mas é que se póde fazer uma cousa com certo cunho portuguez. - O cunho é o que fôr mais baratinho. Vamos lá a ver. As paredes como é que sahem mais baratas? -Lisa e caiadas. -Está muito bem. - E janellas quantas quer? -Poucas. -Estylo francez. -Sim. -E as portas? Estylo inglez? -Sim. Estylo inglez. -Quer os cunhaes á hespanhola? -Quero, se forem baratos. -E o telhado á suissa? -Sim, á suissa, com telha de Marselha. -Quer a escada á russa? -Quero. -E a claraboia á turca? -Sim. -E os tectos? -Baixinhos, para render mais. -Está combinado. Ha-de ficar uma casa catita!... O mestre de obras vae para sahir. N'isto, lembra-se de qualquer cousa e volta: -V.ex.ª não quer mais nada á portuguesa? O senhorio, tirando uma fumaça do charuto: -Uma cousa á portuguesa ponho-lhe eu. È a renda. "in António Bandeira , Almanaque Açores Anno XI 1915. pag. 192 Sousa & Andrade. Angra
Cristiano da Silva
Quinta-feira, 10-Mar-2005 às 13:23:59
Meus amigos , coisa alguma é impossível! Há caminhos que conduzem a todos fins. Quando existe boa vontade, encontram-se sempre os meios. Não desistam de lutar por aquilo que é nosso, neste caso o vinho de verdelho dos Biscoitos e que só os açorianos podem e devem concretizar.
È só o vinho que embriaga?
Terça-feira, 15-Mar-2005 às 22:34:03
Então previsões de vinho em alta ? Mais produtores? Muita chuva? Ou mais apoios em euros?Quem lê os jornais... mas a realidade é outra. Tenham TODOS mais juízo. Já estamos no 2005 (não milhões de litros!).
Meia bola
Terça-feira, 15-Mar-2005 às 22:42:33
O site actual tem muito a ver com a realidade viticola dos Biscoitos. Tasse mesmo a ver não tasse? A juventude já aderiu em massa! Deixaram de estudar para cultivar a vinha nos Biscoitos. Segundo alguns comentaristas nos próximos dois anos os Biscoitos terão 90% do litoral já cultivado.
vinvi metody
Sexta-feira, 18-Mar-2005 às 12:41:08
SOS CURRALETAS Eatão a "meter água" no litoral dos Biscoitos? "Eu quero voltar para a ilha"!
turista na rota do vinho
Terça-feira, 22-Mar-2005 às 14:21:44
É uma questão social. Educação e paladares duvidosos mal educados ou viciados. Agora acredito.
Com pista
Quinta-feira, 31-Mar-2005 às 18:02:23
Estão a destruir a paisagem característica da cultura da casta da Verdelho dos Biscoitos? As curraletas? Sim eu vi! Estão ainda hoje a alargar canadas(vias secundárias) de 4 metros para 10 metros! Parque de campismo com restaurantes e PARQUE PARA ESTACIONAR AUTOMÓVEIS e AUTOCARROS, CALCULEM!!!!! Que belo AMBIENTE!?
Eleitor
Sábado, 09-Abr-2005 às 20:11:21
"Publicidade Presidência do Governo Gabinete do Presidente CONSELHO DO GOVERNO REGIONAL Angra do Heroísmo, 22, 23 e 24 de Outbro de 1997 (...) 8- Aplicar medidas de protecção à Zona de Produção de Vinho DE Verdelho dos Biscoitos, desencadeando de imediato um processo LEGISLATIVO nesse sentido". In. a União, terça - feira , 4 de NOVEMBRO de 1997, pagina n.ª 8 Nota: Era Secretário Regional da Agricultura o Senhor Prof. Doutor Fernando Lopes. Obrigado Senhor Professor!
Contribuinte
Sábado, 09-Abr-2005 às 20:16:06
Então? Depois do senhor Secretario professor Lopes ter dado o lugar a outro, ficou na gaveta?Sem mais comentários.
Híbrido
Domingo, 10-Abr-2005 às 20:43:19
Quem vê o site e diversas declarações de responsáveis eleitos pelo sector vitivinicola, fica a perceber um pouco do que se passa. Ainda me recordo que a 16 de Janeiro de 2004 refere o Diário Insular, numa reunião nos Biscoitos o senhor director regional de DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO DOS AÇORES Engº Joaquim Pires afirmava ter "um plano para a "ILHA" dos BISCOITOS, para tentar criar um regime de sucessão, do tipo geracional, criando entusiasmo no seio das famílias, através dos filhos dos produtores de vinha, o que garantirá o futuro, e não apenas pelos rendimentos, como ainda por questões de ordem sentimental, trabalhando a vinha que é de forma histórica e sentimental, das diversas famílias envolvidadas". QUE TIPO DE PROJECTO(desde 16 de Janeiro de 2004) é esse? Seria altura também do D. I. voltar a perguntar ao senhor director o que se passa. Terá ficado também na gaveta ? E, já agora numa próxima entrevista ao senhor director perguntar o que se tem feito e qual o futuro da VINHA nos Biscoitos (ilha Terceira).
Francisca da Conceição Roseira
Segunda-feira, 11-Abr-2005 às 13:17:44
Ó Cardoza afinal tinhas rezão estão a despedaçar as vinhas dos Biscoitos da nossa ilha e querida ilha Terceira só por monde de se lavarem uma vez por ano no mar da calheta. E fazerem palácios no meio das curraletas da vinha do nosso vinho branco. Yá não digo mais nada por que ao dispois o diabo tem muita força. Cruzes canhoto.
produtor a produzir
Terça-feira, 12-Abr-2005 às 17:39:11
Mas para que fique registado e por que a memória das pessoa ás vezes falha: Diário Insular de 16 de janeiro de 2004. (...)Joaquim Pires realçou que "não pode esperar-se que apareçam, de repente, centenas de novos associados, até porque eles não existem nessa quantidade". (...)Sem mais comentários.
Philomena Cloduvant
Quinta-feira, 14-Abr-2005 às 19:33:24
Q maladie dans le vignole? Politique? Moi amava le vin de Biscoitos!
Maria Etelvina Baptista
Sábado, 16-Abr-2005 às 10:47:56
Ó Felesminda já leste tão bem ? A nossa querida terra e o nosso vinho branco dos Biscoitos está cada vez menos por via das puliticas. A Cardoza disse para eu ver e eu já vi assim como as minhas vizinhas. O canal 76 já deu images das casas e máquinas a despadaçar as curraletas e vinha. Tal pena. Dizem que é o preguresso acabar com as nossas tradições e abandonar terras. Ainda dizem que a culpa são da gente que saimos delá. Já oiviste isto na rádio já deram noticias no fim de semana passado, eles lá que se amanhem e ao dispois queixam-se dos oitros.
Josefa Freitas
Sábado, 16-Abr-2005 às 20:16:11
Eipá ó Cardoza que vergonha é aquilo que estão fazendo nas vinhas dos Biscoites, forte tarraçada, é mesmo para descarolar tudo já nem me apetece ir á nossa saudosa e querida ilha Terceira. nem me digas mais nada pois até estoi com nauseas.
Emília da Costa
Domingo, 17-Abr-2005 às 12:41:10
oh querida Felisminda é na verdade feio o que estan a fazer na beira mar e nas vinhas dos Bicoitos. Eu tabem vi na televeja images e comentarios contra mas quem manda são os senhores grandes e puliticos. Olha minha amiga que á muita gente contra. Ainda onte no G. Club todos falavam do escarolar das curraletas de vinha. E ninguem fax abrir os olhos á aquela gente. Deve haver peixe graudo. Tal pena mas ainda vou ver se vou mandar comprar umas ragafas do verdelho para os meus netos. Já lá na vou mais a idade e a viage é grande mas é de meter dó.
Agente Económico
Domingo, 17-Abr-2005 às 21:01:03
Li com muita atenção todos os comentários, aliàs muito interessantes e elucidativos da realidade vitivinícola dos Biscoitos da Ilha Terceira. Os apelos pelo bom nome dos Biscoitos já os ouvimos e lê-mos noutros orgãos de comunicação social portuguesa e estrangeira, assim como os constantes protestos vindos de sectores ligados á vinha e ao vinho, curiosamente apenas entidades particulares, casos da Confraria do Vinho Verdelho dos Biscoitos, incluindo a sua formidável Revista "Verdelho"; do Museu do Vinho dos Biscoitos da Casa Agrícola Brum e de muitas pessoas de reconhecido mérito que públicamente tem também defendido o património vitivinicola biscoitense, incluindo claro está a paisagem única que são as típicas curraletas onde se produz um dos melhores vinhos brancos de Portugal, como já foi mencionado e justificado em várias revistas da especialidade. Então tudo isso ainda não resultou? Será que os Biscoitos irão pelo mesmo caminho do Porto do Martin (Ilha Terceira) e da ilha Graciosa também um Região Demarcada que antigamente produzia vinho branco em quantidades enormes e hoje, enfim como dizia uma senhora no seu comentário é o progresso fruto do tempo. Serão da mesma opinião a CVR-Açores, as autarquias, secretarias regionais quase todas com uma palavra a dizer sobre este assunto? Quem Demarcou os Biscoitos como Região de Vinhos? Será para vinhos?
Vitorina C. Pureza
Terça-feira, 26-Abr-2005 às 11:55:43
Chiça cara da minha alma o que istan a fazer ás vinhas da verdelho dos Biscoitos. Na á ningem que mande bugiar essa gente, até fico bespinhenta. Deve a ver alguém aferroar ora se não ade. Eles é que se amanhem cu essas puliticas. E lá se vai o vinho branco da nossa ilha. E os nossos puliticos que dizem defender as nossa traidiçães que falem agora.
Alexandre Paixão
Terça-feira, 26-Abr-2005 às 13:06:21
Gostei imenso de ler todos os comentários bem demonstrativos do desagrado de muitas pessoas. Penso que também de alguns residentes fora da ilha Terceira, o que prova o amor á terra onde nasceram e viveram. A saudade por vezes faz valorizar o que se vai perdendo. Deixo aqui uma palavra de concordância a todas as pessoas que tem lutado pelas vinhas dos Biscoitos. Continuem a manifestar-se pois actualmente já o podem fazê-lo.
Júlio Graça
Sábado, 30-Abr-2005 às 16:29:02
O site é curioso. Mas o sítio das curraletas das vinhas dos Biscoitos é optimo. Dá optimos vinhos. Os comentários muito interessantes! Quem já enfiou o barrete?
Enófilo
Quarta-feira, 11-Mai-2005 às 09:48:46
"Quem tem o vinho triste , tem o coração triste".
Shakira
Terça-feira, 17-Mai-2005 às 16:14:23
Gostei!
RVB
Quinta-feira, 19-Mai-2005 às 20:06:32
VIVA A RESISTÊNCIA VITICOLA DOS BISCOITOS!
RVB
Sexta-feira, 20-Mai-2005 às 22:32:00
Mas afinal que pensam(?) ou dizem o Secretário Regional do Ambiente dos Açores e o Director Regional do Ambiente da mesma Região Autónoma? Não conhecem os Biscoitos? Certamente nunca lá foram! Ah! Também não querem "fundamentalismo ambiental"!!! (Frase utilizada por um governante dos Açores: Diário Insular 9 de Julho de 2002)
Francisca Pirralho
Sábado, 21-Mai-2005 às 10:10:11
Tesconjuro. As impressães das gentes de cima faz-me andar como um gato em dia de matança. A que cargas dágua vem isto? Tenho que amarrar o génio senão ainda vou sobre os pés.
Angélica Ricourt
Domingo, 22-Mai-2005 às 10:40:56
Olha me vomecês que é de ficá com os bofes á boca. Pois eles estão -se derretendo. E nós pur cá estames a meter nos em calças pardas. Já nan á nas nossas ilhas botadeiros de sentido? É preciso dar lhes um cuspinho no nariz?
Navegador solitário
Quinta-feira, 23-Jun-2005 às 23:22:54
O VINHO DE VERDELHO DOS BISCOITOS para a rota da Carreira das Índias e ainda hoje é produzido no norte da ilha Terceira e assi ligado a uma Angra PATRIMÓNIO MUNDIAL da UNESCO desde 7 de Dezembro de 1983.
Simplemente Manoel
Terça-feira, 28-Jun-2005 às 22:01:31
O vinho da CARREIRA DAS ÍNDIAS!Angra do Heroísmo PATRIMÓNIO MUNDIAL DA UNESCO. Na recomendação do ICOMOS pode ler-se que durante quase três séculos o porto da ilha Terceira esteve directa e materialmente associado ao acontecimento de significado histórico universal que foram os DESCOBRIMENTOS MARÍTIMOS dos séculos XV e XVI, que permitiram a comunicação entre as grandes civilizações do planeta, nomeadamente de Àfrica, Ásia, América e Europa. Em 1499, Vasco da Gama instaurou a obrigatoriedade da escala na ILHA TERCEIRA para as Caravelas, Barcas eNaus das Índias Orientais e Ocidentais na ROTA DE REGRESSO AO REINO. Em 1567, num relato de viagem, o navegador italiano Pompeo Arditi de Pesaro, referia-se assim à ilha Terceira: " À ilha afluem muitos navios por ser mais cómodo à navegação do que qualquer das outras, por isso nela tocam todos os vindos das ìndias Orientais e Ocidentais, Brasil, São Tomé,Mina e Cabo Verde,a reabastecer-se de mantimentos, parecendo que Deus pôs milagrosamente esta Ilha no meio do oceano, para salvação dos míseros navegantes, que muitas vezes lá chegam sem mastros nem velas, ou sem mantimentos, e aí se fornecemde tudo". in embalagem do primeiro vinho VLQPRD BISCOITOS (ilha Terceira)BRUM-VINHO VERDELHO 1994. (Museu do Vinho dos Biscoitos da Casa Agrícola Brum Lda.)"

7 comentários:

Zé Feliciano,  15/12/05 08:24  

Zona demarcada do vinho dos Biscoitos? Gostava que isso fosse verdade! Há quanto tempo se fala nisso e até agora...

José Aurélio Almeida 2/1/06 15:25  

Zé Feliciano:
Zona demarcada parece que legalmente existe. A sua defesa e protecção, eventualmente com o estatuto de Paisagem Protegida, é que tem sido uma miragem...

GOTINHA,  30/1/06 14:22  

Então e o meu comentário?
Isso é discriminação!Quem se pica, cardos come!
É que Paisagem Protegida de Interesse Regional da Cultura da Vinha não é para quem quer,é para quem pode.

Adnav,  30/1/06 14:26  

Concordo plenamente com o que a gotinha disse...E o meu comentário tb desapareceu!Estou indignada!!!!Melhor...estou extra indignada, pq a verdade tem de ser dita, não vale a pena apagarem as nossos comentários, a verdade...é a verdade!!!Durmam bem, não chorem muito...C'est la vie!

José Aurélio Almeida 31/1/06 00:26  

Caras Gotinha e Adnav:
Se se referem a comentários no Portal Açores, desconheço o seu destino.
Se por acaso as vossas indicações são sobre este Blog, asseguro-vos que não retiramos qualquer comentário vosso. Até já respondemos a dois que recebemos em: http://biscoitos-terceira.blogspot.com/2005/11/biscoitos-que-futuro-v.html
Voltem sempre e continuem a comentar.

Brizida,  2/2/06 15:27  

"Aqueles, que não querem quando pódem, não pódem quando querem"

As perseguições dos mesquinhos honram o Homem de bem.Aliás,a perseguição torna interessante o seu objectivo.

Felizmente este é um dos poucos Blog que se pode dar ao luxo de ensinar muito diplomáticamente os menos prevenidos.

José Aurélio Almeida 4/2/06 14:56  

Cara Brizida:
Na verdade apreciamos a via diplomática.
Agradecemos o comentário.

Biscoitos, Praia da Vitória, Ilha Terceira, Açores, Portugal

  © Blogger templates The Professional Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP