domingo, 4 de junho de 2006

Ermida do Espírito Santo

As nossas comunidades cristãs católicas estão a viver a quadra anual dos maiores festejos em louvor do Divino Espírito Santo, através dos bodos e outras manifestações de fé.
Já o ano passado nos referimos a estes festejos e decerto de novo o faremos.
Hoje, Domingo de Pentecostes, Dia da Festa da Descida do Espírito Santo sobre a Igreja nascente, referenciamos a Ermida do Espírito Santo.
O biscoitense Padre Alfredo Lucas apresenta no seu livro "As Ermidas da Ilha Terceira" uma Ermida do Espírito Santo (p. 289-290), escrevendo que "à beira da estrada se encontrava esta ermida anexa a uma casa que pertenceu a Matias da Silveira, o qual a fundou em 1761 por voto que fez ao Espírito Santo quando o fogo dos abalos sísmicos dos Picos Gordos parou próximo das suas propriedades na freguesia dos Biscoitos."
Esclarece o mesmo autor que "perante os horrores daquele cataclismo que assolou a dita freguesia, o povo se reuniu e levou a Coroa do Espírito Santo até junto do fogo rezando nos lugares chamados Juncalinho e Ribeira do Chamusco abaixo da velha igreja dos Biscoitos, pedindo misericórdia a Deus para que cessasse aquela calamidade.
Por esse motivo ou por outros quasiquer, o que é certo é que o fogo parou nesses sítios, enquanto noutros lugares avançou até à beira-mar estendendo as suas línguas devoradoras à procura de mais terra encontrando apenas mar."
Propriamente sobre a ermida, o P.e Alfredo Lucas refere que "no tempo do Padre Jerónimo de Andrade pertencia a Mateus Borges do Canto, vindo depois a pertencer a Ciríaco Tavares da Silva que vendeu todo o prédio a Francisco Maria Brum, então residente na freguesia dos Biscoitos e grande proprietário de vinhas.
(...) por último, herdou o dito prédio o filho Manuel Maria Toledo Brum, que derrubou a casa de moradia e ermida para construir outras que são as actuais junto do Império do Espírito Santo naquela referida freguesia. A ermida ficou com outra traça e mais ampla e manteve a mesma denominação."
Sobre a primeira ermida é dito que "era de pequenas dimensões, mas bastante atraente, pois encontrava-se sempre bem conservada e apresentava um aspecto agradável. Tinha uma só porta com uma pequena clarabóia por cima e o beirado formava um ângulo aberto, tendo na frente um gradeamento."

De acordo com ficha (nº 163) da publicação "Terceira - Praia da Vitória" (incluída no Inventário do Património Imóvel dos Açores, coordenada por Jorge A. Paulus Bruno e editada conjuntamente pela Direcção Regional da Cultura, Instituto Açoriano de Cultura e Câmara Municipal da Praia da Vitória, em Junho de 2004), a actual capela "de pequenas dimensões, situa-se à esquerda, ao nível do primeiro andar da habitação, recuada de modo que a sua fachada faz um ângulo recto com a empena esquerda da habitação definindo os dois lados de um terraço. (...) A capela é de planta rectangular, com um piso, está rebocada e caiada de branco com os cunhais e as molduras (os vãos são rematados em arco quebrado) pintados de cinzento. As fachadas são rematadas por platibanda. No topo da cumeeira existe um campanário com o vão em arco quebrado."

Faz hoje um ano que publicamos:
Heráldica

4 comentários:

Luís Mendes Brum,  5/6/06 15:17  

Benção da Ermida do D.E.S. no dia 14 de Maio do ano de 1942.
A demolição da anterior moradia e ermida deveu-se ao alargamento da via(Caminho do Concelho) pelas Obras Publicas(O.P.), dando lugar a um largo. Não confundir com Praça Velha, no cruzamento da Canada do Caldeiro, Chafariz e Loja do senhor António Simas de Ameida,(um antigo botequim/mercearia).A placa toponímica "Praça Velha" estava colocada num torreão ao lado do chafariz.
Certo dos maiores êxitos para este Blog, agradece o Luís Mendes Brum

Anónimo,  8/6/06 14:24  

Very pretty design! Keep up the good work. Thanks.
»

Anónimo,  22/7/06 14:28  

Hmm I love the idea behind this website, very unique.
»

José Aurélio Almeida 11/8/06 20:52  

Caro Luís Mendes Brum:
Mais uma vez recebemos a sua contribuição a enriquecer referências que fazemos.
Para além da nota histórica sobre a Ermida do D.E.S., a distinção entre o Largo e a Praça é algo de novo para nós e decerto muito interessante para todos os nossos visitantes.
Agradecemos os dados e o desejo de êxitos.

Biscoitos, Praia da Vitória, Ilha Terceira, Açores, Portugal

  © Blogger templates The Professional Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP