quinta-feira, 26 de abril de 2007

Romeiros passaram nos Biscoitos

Como foi amplamente divulgado pela comunicação social local, no período quaresmal, que terminou recentemente, a Ilha Terceira contou com o surgimento de um grupo de Romeiros. Organizados na paróquia de Nossa Senhora da Conceição, estes peregrinos passaram pela freguesia dos Biscoitos no dia 16 de Março, de acordo com nota que na altura colocamos na nossa agenda.

RESSURGIMENTO
De acordo com testemunhos de elementos ligados à organização deste grupo, esta iniciativa significa o ressurgimento da tradição das romarias da Quaresma na Ilha Terceira. Entre outros dados evidenciadores do passado terceirense desta manifestação de fé, são mencionadas algumas referências mencionadas pelo biscoitense Padre Alfredo Lucas no seu livro "As Ermidas da Ilha Terceira".

Na realidade são várias as passagens desta obra que se referem à temática dos romeiros. Sobre a Ermida de S. Roque, em Angra do Heroísmo, ermida esta "que desapareceu para dar lugar à actual Igreja de Nossa Senhora do Livramento", é escrito que "era uma pequena ermida e foi edificada por Paulo de Oliveira que possuía o dinheiro destinado à casa dos Romeiros, vindo elas a ser construídas (...). Em 1610 tiveram início as obras no terreno que pertencia ao Sargento-Mór Gaspar de Freitas da Costa (...)" que "(...) o ofereceu para nele serem sepultados os mortos vitimas da doença da peste (...). Em virtude desta terrível e horrorosa doença, e como era muito elevado o número de pessoas que ocorriam ao lugar onde eram sepultados os seus parentes, tornou-se necessário construir uma Casa dos Romeiros e uma ermida para as funções religiosas. (...)
A referida casa, segundo diz José Joaquim Pinheiro, ainda existia no seu tempo, ou seja, em 1891 (...)" (p. 47/48).

Já a respeito da Ermida de Nossa Senhora da Conceição, nos Cinco Picos, é registado que "Esta ermida tem a sua origem na existência de um pequeno nicho que se encontrava encravado na parede que dividia dois pastos, onde se construiu a casa dos romeiros que ainda hoje lá está e é de pequenas dimensões.
Porém a ermida foi edificada depois da dita casa (...) É por detrás desta ermida que se vê a casa dos romeiros, que é bastante pequena e baixa (...)" (p. 103/104).

Ainda de acordo com o Padre Lucas, José Vieira d'Areia construíu nas Lajes a Ermida de Nossa Senhora dos Remédios e "a cercou de casas e aposentos mui cómodos para os romeiros, que de todas as partes com a maior afluência concorriam com as suas esmolas." (p. 267/269).

Se no primeiro dos casos apresentados a justificação da casa dos romeiros será acolher quem romava por cauda dos parentes sepultados, no segundo seria acomodar o povo que fazia uma grande romaria anual a 24 de Junho à "Santinha do Mato". Segundo o texto, na terceira situação as "casas e aposentos" seriam novamente instalações destinadas a quem faria romaria àquela ermida em específico, para "cumprir as suas devotas promessas à Senhora dos Remédios."
Assim, relacionar as menções do Padre Alfredo Lucas a "casas de romeiros" (pelo menos a julgar pelas que encontramos e relatamos) com tradições passadas de romarias quaresmais, não será particularmente óbvio.

De qualquer forma não colocamos em causa a existência dessas tradições, possivelmente fundamentadas em outros dados históricos. Para além disso, "A história poderá dar elementos, mas o que se justifica é a vontade de um grupo de homens, alguns dos quais já participavam em São Miguel, que gostaria de fazer uma romaria passando pelas ermidas da ilha Terceira", como admitiu o Padre Francisco Dolores, pároco de Nossa Senhora da Conceição (in Jornal "A União", 22/Fevereiro/2007).

PASSAGEM PELOS BISCOITOS
Vindos da zona oeste da ilha, os romeiros passaram nos Biscoitos no segundo dia da sua caminhada tendo marcado presença em vários locais, incluindo as duas igrejas e a Ermida do Espírito Santo.

É precisamente da visita a esta ermida que obtivemos algumas fotografias, que publicamos de seguida.

A finalizar damos eco da satisfação pública manifestada pelo grupo em relação à forma como decorreu o seu acto de fé e particulamente também no que diz respeito ao generoso tratamento que receberam em diversos pontos da ilha incluindo nos Biscoitos, onde usufruiram da oferta de uma refeição quente.






2 comentários:

Paulo 27/4/07 11:43  

Gostei deste artigo, mais que não seja, porque fiz parte dessa Romaria. Uma pergunta:
- Será possivel a cedência das fotos tiradas para poder por num cd a ser dado apenas a todos os romeiros?.

Bom fim de semana

José Aurélio Almeida 5/4/09 00:07  

Caro Paulo:
Fico satisfeito pelo facto do artigo lhe ter agradado.
Em relação à sua solicitação informo que respondi à mesma através do endereço electrónico do grupo de romeiros da Terceira.

Biscoitos, Praia da Vitória, Ilha Terceira, Açores, Portugal

  © Blogger templates The Professional Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP