terça-feira, 14 de março de 2006

Sociedade Recreativa Biscoitense recebe segunda metade de apoio

Pela Portaria nº 84/2006 (Jornal Oficial, IIª Série, nº 10, 7 de Março de 2006) o Governo Regional dos Açores, pelo seu Presidente, atribuíu à Sociedade Recreativa Biscoitense um apoio para um Curso de Instrumentos de Sopro no âmbito da Educação Extra-Escolar.
Este apoio, no valor de 750,00 €, é referente a Setembro de 2004, sendo atribuída a percentagem de 50% com a apresentação
do relatório final (já aqui havíamos mencionado os primeiros 50%, referentes à assinatura do contrato).

2 comentários:

Anónimo,  22/3/06 21:12  

Os Açores e particularmente a ilha Terceira é uma Região de filarmónicas.
E se, no desempenho dos seus reportórios, nem todas conseguem atingir aquele grau de correcção artística, que seria para desejar, é certo que todas , por uma forma mais ou menos atroadora,se empenham em mostrar a boa vontade e o óptimo fôlego dos seus associados.
Seja como for, é incontestável que estes pequenos centros onde se cultiva a arte musical, exercem uma grande influência na educação das pessoas, não só porque o gosto pela música apura o sentimento, levanta o espírito, e adoça o carácter das mulheres e dos homens, mas principalmente porque os entretenimentos desta ordem afastam muitas vezes os jovens de outros...
É de louvar o ensino musical nestas "escolas", neste caso na Sociedade Recreativa Biscoitense. Bem Hajam!

Emídio

José Aurélio Almeida 14/7/06 23:47  

Caro Emídio:
Se nos permite, subscrevemos a sua visão sobre o importante papel das filarmónicas e das respectivas escolas de música.
Parabéns.

Biscoitos, Praia da Vitória, Ilha Terceira, Açores, Portugal

  © Blogger templates The Professional Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP