quarta-feira, 12 de julho de 2006

Do outro lado... as curraletas...

Um dia, falando sobre a zona litoral dos Biscoitos, e contextualizando em relação à via marginal que a percorre, tivemos o prazer de registar que "concordamos plenamente que para ambos os lados, a paisagem com que nos deparamos é magnífica. Não deixemos de prestar atenção para o lado que nos revela o oceano, mas empenhemo-nos em salvaguardar a riqueza que fica situada no lado sul da estrada."

Assim, depois da imagem apresentada ontem que nos mostra a imensidão que existe para norte da costa dos Biscoitos, hoje mostramos algumas imagens da singular maravilha que fica para sul da mencionada estrada litoral:




Quando, porventura, conseguimos captar ambas as realidades ainda ficamos mais satisfeitos.


Simultaneamente nunca deixaremos de apreciar planos mais alargados, visões recorrentes desde a infância, ainda que gradativamente com menos negro e verde e mais branco, cinzento e laranja:


Nota: Com este artigo, para além de projectar estas imagens biscoitenses pretendemos, na sequência da publicação de ontem e respectivos comentários, afirmar que se o mar nos merece imenso respeito e admiração, ainda que possamos estar física e momentaneamente de costas para o outro lado da estrada, nunca deixaremos de apreciar as curraletas e de procurar contribuir para a sua preservação; visamos igualmente satisfazer as sugestões recebidas sobre a publicação de imagens das ditas curraletas.

Faz hoje um ano que publicamos:
João Aguiar encerra o percurso de futebolista

15 comentários:

Carlos Barros,  12/7/06 21:04  

Lindas fotos, ate' da' para matar saudades, obrigado

Discípulo de Baco,  12/7/06 21:07  

Belas fotografias das curraletas biscoitenses, que nos fazem mergulhar numa paisagem única,um convite a beber a nossa cultura.
O mar atrai os açorianos,mas para quem tem alma vulcânica e espírito Enófilo como o jovem professor José Aurélio Almeida,deve continuar a luta por essa paisagem cultural.
Obrigado ao Autor e Editor do Biscoitos blog.

Anónimo,  14/7/06 22:20  

Quem me dera que estas paisagens durasse para sempre mas como??Os ricaços metem-se a fazer casas mas no projecto tem adegas e cada vez mais casas nas curraletas..é triste mas é a realidade as coisas deviam ser igual pa todos e preservar as nossas lindas curraletas...

Anónimo,  15/7/06 09:47  

Os responsáveis politicos já deram a resposta...ela está à vista apreciem o desenvolvimento( "sustentado" por todos nós) diário das casas e o chamado progresso da freguesia.

Anónimo,  15/7/06 21:12  

Depois destas formidáveis fotos que nos dão uma paisagem que muitos apreciam: as curraletas e o que elas significam, seria possível, ao responsável deste respeitável blog, apresentar a outra paisagem, a invasão do betão e o que esta representa na sociedade politica(e com adeptos claros) do Concelho de Praia da Vitória, da Ilha da Terceira?
Quem está interessado na cultura?
Quem está interessado no turismo dos Açores e particular mente da ilha da Terceira?
Quem autoriza as construções?
Será que a gripe das aves não ataca os "patos bravos"?
Quem fiscaliza o litoral? Câmara, Polícia Marítima?, C.N.R.?
Ninguém? Pois!
Querem turistas? Esperem sentados!!

Anónimo,  16/7/06 18:39  

Parece tratar-se de uma corrente a favor da preservação das curraletas? Pois também concordo com a tal almejada Paisagem Protegida de Interesse Regional!
C. de Lélis. B.I. n.º 2898924

Anónimo,  21/7/06 19:25  

Mais um a defender as vinhas dos Biscoitos,vindo do Algarve! Tinha que ser. Os da Terra são muito obedientes e já sem...força!?
Li num jornal local, a união de 21 de Julho de 2006, uma interessante opinião dum Arquitecto algarvio.
Diz entre outras:
(...)competirá à Autarquia, se quiser defender com garra os interesses do seu Concelho, propor essa classificação à Secretaria Regional.
O facto do PDM vir a dar protecção à zona, não lhe confere o mesmo prestígio nem o mesmo realce de natureza institucional que terá a sua classificação específica como Àrea Protegida".

José Aurélio Almeida 12/8/06 19:03  

Caro Carlos Barros:
Lindas... como os nossos Biscoitos!

José Aurélio Almeida 12/8/06 19:05  

Caro Discípulo de Baco:
Que não nos falte a alma nem o espírito e cá estamos... prontos!

José Aurélio Almeida 12/8/06 19:08  

Caro Anonymous (14/7/06 22:20):
É essa a grande dúvida: como?
Algumas ideias já existem; a sua colocação em prática logo nos informará se serão eficazes.

José Aurélio Almeida 12/8/06 19:10  

Caro Anonymous (15/7/06 09:47):
A nossa convicção exige outra resposta.
Se os actuais políticos a souberem dar, muito bem; caso assim não seja até de políticos precisamos mudar.

José Aurélio Almeida 12/8/06 19:14  

Caro Anonymous (15/7/06 21:12):
A sua sugestão de apresentação da outra face da paisagem biscoitense, na mesma zona das curraletas é muito interessante.
Quando nos for possível concretizaremos essa publicação.
A apresentação/exploração da temática das responsabilidades e acções/passividades também é igualmente pertinente.

José Aurélio Almeida 12/8/06 19:15  

Caro/a C. de Lélis:
Agradecemos a sua adesão a esta causa.

José Aurélio Almeida 12/8/06 19:17  

Caro Anonymous (21/7/06 19:25):
Excelente referência... e de conteúdo conciso e objectivo.
Agradecemos.

Anónimo,  11/9/06 08:06  

Estou outra vez a escrever estas palavras da linda ilha da Madeira.

Adorei ver estas imagens sobretudo pela saudade dos bons momentos que aí passei.

Gostaria de fazer uma sugestão:
Dado que hoje em dia (e não sei se desde sempre) o dinheiro tem (teve) um papel preponderante no avanço das civilizações, as causas que as pessoas abraçam terem hoje em dia um peso cada vez mais visível junto da sociedade e sendo a internet um meio que permite fazer chegar a quase todos os assuntos de interesse comum, sugeria que se efectuasse uma campanha de angariação de fundos para a aquisição de terrenos e futura preservação dos mesmos. A entidade poderia ser uma associação já existente e quem sabe se no futuro se deveria criar uma fundação que fizesse a gestão deste inigualável património.

Força é coisa que não falta a quem ama essa terra!

Um abraço e um bem haja pelo trabalho desenvolvido em prol dos biscoitenses e desse magnífico pedaço, rodeado de terra e mar.

JPGhira

Biscoitos, Praia da Vitória, Ilha Terceira, Açores, Portugal

  © Blogger templates The Professional Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP